-_-

A Silvia Duprat, Lúcia Campos, António Rosa
minha gratidão pelo amparo a este trabalho.

terça-feira, 5 de maio de 2009

O grande sonho II

Acontece que, como você vai se tornando uma consciência que se abre para a 5ª. Dimensão, começa a perceber que acordar é essencialmente diferente de despertar.
Acordar é experimentar o sonho tridimensional continuamente... despertar é ter consciência dele na 3ª Dimensão.
O que muda a partir daí?
Tudo!
Bem, se você experimenta um sonho enquanto acorda em 3ª. Dimensão, o que acontece com tudo à sua volta... com aquilo que você se acostumou a chamar de dia-a-dia?
Para a consciência tridimensional, dormir é tão importante quanto acordar. Não porque seja uma necessidade biológica e, sim, porque é lá que você Existe. O ato de acordar é somente a continuação do sonho em 3ª Dimensão. E o seu ambiente... todo o em torno que você percebe, apenas acompanha o sonho. Assim, o próximo; os outros são projeções, imagens-personagens que não existem senão para você dialogar consigo mesmo. Em outras palavras, esta ilusória polifonia que você percebe como vida (às vezes confusa, às vezes inteligível) nada mais é do que um belíssimo monólogo, onde os outros são apenas projeções – imagens-personagens – que você acessa com o fim de dialogar consigo mesmo.
Você acessa tais projeções por necessidade de experimentar... Neste caso, confere tamanho poder às imagens-personagens que elas atuam materialmente para a sua consciência tridimensional, como se fossem algo além de você. Como se fossem algo efetivamente material. Mas, na verdade, o sonho é seu. Você o planejou em todos os detalhes no Agora contínuo. Criou ambientes, imagens-personagens, eventos... Pintou a paisagem para a 3ª Dimensão. Depois adormeceu para vivê-lo. Ao fazer esta passagem, do Agora contínuo para a 3ª.Dimensão, o enredo do sonho passa a parecer inesperado para sua consciência tridimensional, caso contrário não haveria o despertar.
E, da mesma forma que acordar é diferente de despertar...
Dormir é diferente de adormecer.
Você é o Anjo adormecido... que precisa dormir para lembrar que É.
(continua...)

6 comentários:

marcelo dalla disse...

Maravilhoso, minha amiga! Quero te abraçar e te dar um beijo, tamanha a alegria que seus textos me proporcionam. Estou a imprimi-los para ler com meu grupo de estudos. bjo e luz!!!

adriana disse...

Vamos lembrando, querido!
O tempo é propício...
Luz!

Manu disse...

Nossa!!! Maravilha!!! Encontrei o seu blog por acaso!! Acredito muito em tudo que vc escreveu... e tenho procurado por leituras assim... para a minha mãe!! Acho que desta vez é vai gostar...

Obrigada!!

Gostaria de saber mais detalhes sobre a sua obra. Sobre vc (autor ou autora) pois tenho um blog onde reuno textos interessantes... dá uma olhada e se vc se interessar em colocaborar com blog... entra em contato comigo. Meu e-mail e msn é manueoa@hotmail.com e o endereço do blog é www.institutoseva.blogspot.com

Vibração

Manu

adriana disse...

Obrigada, Manu!
Espero que sua mãe goste.
Amor e Luz

Cris disse...

viciei-me...

Devo agradecer ao Marcelo pela dica...volto para casa da visita um pouco melhor como pessoa depois de lê-la...

Elogios também a frase de abertura do blog...muito bem escolhida...

lindo! obrigada...

virei freguesa...

fique bem!

adriana disse...

Obrigada, Cris!
Somos nós, todas as pasters de nós... compondo a Sinfonia!
Seja vem-vinda!
Amor e Luz!